Leptospirose – Como Diagnosticar

 em Uncategorized

A Leptospirose é uma doença infecciosa causada pelas bactérias do gênero Leptospira. É bastante conhecida, e com significativo aumento de casos agora no verão, onde as chuvas e clima quente propiciam as condições ideais para a multiplicação das bactérias deste gênero.

A leptospirose poder evoluir a óbito (se não for tratada corretamente), e chama a atenção por ser uma zoonose, ou seja, transmitida entre animais domésticos, silvestres e humanos

Os sintomas mais comuns são prostração, febre, vômito e icterícia , a coloração da urina, com aspecto escuro semelhante à cor de “ coca-cola”, pode ocorrer no curso da doença devido ao fato dos pacientes desenvolverem insuficiência renal aguda, consequência da localização renal das leptospiras. . O hemograma, normalmente, é acompanhado de leucocitose por neutrofilia e monocitose . Exame específicos para o diagnóstico, baseiam-se na identificação do agente etiológico (forma direta) ou dos anticorpos circulantes (forma indireta).

O PCR, tem a vantagem de identificar fragmentos da bactéria. Esse exame é rápido, altamente sensível e específico, o que aumenta as chances de identificar o patógeno com maior precisão.

Outra alternativa é fazer o diagnóstico sorológico por meio da reação da soroaglutinação microscópica.. Para esse método, é importante saber que um resultado negativo nas primeiras semanas não elimina totalmente a possibilidade de o animal ter a doença, pois os anticorpos começam a ser produzidos a partir da segunda semana.

Neste período de verão, em caso suspeito procure imediatamente o Médico Veterinário para o apoio diagnóstico de Leptospirose pelo método de PCR, lembrando que o material de eleição para a realização do exame é a URINA.
Conte com nossa equipe.

Postagens Recentes

Deixe um Comentário

Open chat
Fale Conosco!
Powered by